BUENOS AIRES - A aventura acaba onde começou

Sim... tudo acaba onde começa! BUENOS AIRES... será sempre Buenos Aires.


Cheguei a Buenos Aires em Novembro de 2010.

Estava longe de saber o que este país me reservaria para o futuro. A principio estranhei a capital argentina. Era mais uma metrópole e o sentimento de insegurança deixava-me pouco à vontade. Com mais duas visitas, uma em Janeiro e outra em Maio, sinto que a cidade já me conquistou. O tango dá-lhe carisma, a vida nocturna dá-lhe alma e os monumentos dão-lhe história.


Passados sete meses sinto-me bem a percorrer as ruas da cidade. Estou mais liberta e disfruto da alma da Argentina. 

Mas, a Argentina está muito longe de ser Buenos Aires. Esta cidade borbulha de movimento dia e noite. O resto do país não é assim.
Em Ushuaia disfrutei da calma do fim do mundo, em El Calafate senti o frio gélido do Parque Nacional Los Glaciares, em Mendoza senti o odor das vinhas que inunda o ar, em Bariloche reencontro o prazer da montanha, no Aconcágua descobri que posso conquistar o mundo, em Salta o pó do deserto cobre-me o corpo, no Iguazú a água que jorra das quedas lava-me a alma e na Península de Valdés as baleias transportam-me para um sonho.



A Argentina descobre-se nos lugares mais improváveis. Foi em Sarmiento, no Bosque Petrificado, que senti a verdadeira Patagónia; Foi em El Chaltén que encontrei as paisagens mais belas que alguma vez vi e foi em Rosário que descobri a verdadeira hospitalidade do país.

Regresso a Buenos Aires no final de Maio. Foi aqui que tudo começou. Foi aqui que tudo terminou. Foi aqui que comecei e terminei o melhor ano da minha vida

Etiquetas: