Bariloche - uma pérola na Patagónia.

Situada na margem do lago Nahuel Huapi, Bariloche é a primeira cidade da Patágónia para quem vem do norte. Assemelha-se a uma típica vila alpina rodeada por lagos esmeralda, montanhas e pinheiros silvestres. Divido o táxi com dois franceses que conheci no autocarro. Eu vou para o Hostel Inn e eles ainda não sabem. Despedimo-nos no centro e cada um segue o seu caminho. Quando chego ao hostel descubro que escolhi o melhor local para me alojar. Do terraço contemplo a vista sobre as montanhas circundantes. Estou rendida e apaixonada desde o primeiro momento. São quatro da tarde por isso aproveito para visitar a cidade e o Museu da Patagónia que, apesar de ser pequeno, é uma excelente introdução a esta região. Ando pelo centro cívico, pelas ruas, pela margem do lago… paro em frente às inúmeras chocolaterias… tento resistir! Bariloche assemelha-se a uma qualquer vila dos Alpes. Povoada por alemães e suíços, a cidade apresenta um ar bastante distinto do resto da Argentina. Foi aqui que “montei acampamento” para explorar as montanhas circundantes, nomeadamente o Cerro Catedral e o Cerro Tronador.

Etiquetas: