Museu Arqueológico Nacional

Este museu, inaugurado em 1891 e reaberto em 1946, apos o seu acervo ter sido disperso e enterrado para escapar a destruicao dos nazis, e seguramente um dos melhores do mundo e um local de passagem obrigatoria em Atenas. Com os seus tesouros, de valor incalculavel, expostos em ordem cronológica, o museu oferece uma panoramica impressionante sobre a arte grega atraves dos seculos.
Aos achados neoliticos, cicladicos e micenicos sucedem-se as esculturas geometricas, arcaicas, classicas, romanas e helenisticas, complementadas por coleccoes mais pequenas de bronzes, artefactos egipcios e joias, assim como uma coleccao particular. Apesar de todos os objectos expostos serem magnificos, existem alguns que se destacam pela sua beleza e singularidade.
O tocador de harpa e uma escultura cicladica de uma simplicidade cativante, enquanto que, na extensa coleccao de ouro micenico, distingue-se uma mascara mortuaria encontrada por Schliemann e que pertenceu ao lendario rei Agamemnon (1500 a.C.). Na arte micenica, ha tambem a realcar os objectos em bronze, nomeadamente os magnificos punhais embutidos em ouro.
De entre as esculturas arcaicas, sobressaem os kouroi (sec. VII a.C.), estatuas estilizadas de jovens nus inspiradas na arte egipcia.

No periodo classico, ha que referir a belissima estatua em marmore de Afrodite, Eros e Pã (com as suas pernas de bode) e uma estela, encontrada no cemiterio de Kerameikos, que mostra uma mulher sentada a despedir-se da familia.
As estatuas de bronze tambem tem a sua quota parte de distincao, nomeadamente as estatuas de Zeus, a de um cavalo com um pequeno cavaleiro e o incontornavel (e potente) satiro. Conclusao: se gosta minimamente de arte, nao pense duas vezes e passe por este museu e, ja agora, a um Domingo que é de borla!

Etiquetas: ,