Quilotoa Loop

Latacunga foi a base de mais uma aventura por terras equatorianas. Desta vez resolvemos fazer o Quilotoa Loop. O loop é uma volta em torno da laguna vulcânica do vulcão Quilotoa. Esta laguna resulta do abatimento da cratera vulcânica agora inactiva.


Começamos o nosso loop por apanhar um autocarro local desde Latacunga ate Zumbahua. Ai tivemos que recorrer a boleia de um camião. Na parte traseira percorremos os 14 km que separam esta aldeia da Laguna de Quilotoa. As águas da laguna são de um verde esmeralda encantador. Infelizmente o céu estava muito nublado e as fotografias não fazem jus ao encanto do lugar.

  



Na laguna de Quilotoa conhecemos a Maria. É uma equatoriana, de etnia Quechua que nos vai guiar entre a laguna e a povoação de Chungchilan. Estes dois locais distam 22 km um do outro e nós decidimos percorrer essa distancia a pé. Como não conseguimos comprar um mapa recorremos a ajuda de um habitante local. E lá fomos. Acompanhamos o bordo da laguna durante cerca de uma hora e depois começamos a descer o cone vulcânico em direcção a um canhão fabuloso. 



Descemos até ao fundo do rio e depois voltamos a subir em direcção à povoação de Chugchilan. Foram quase quatro horas a caminhar ininterruptamente. O trekking é muito bonito e as paisagens são deslumbrantes. Ficamos a dormir em Chugchilan, no Hostal Cloud Florest. 



De manhã apanhamos boleia, novamente, na traseira de um camião e alcançamos Sigchos. Ai tivemos que aguardar cerca de quatro horas. Os transportes por estas bandas são muito difíceis! A aldeia é muito característica mas o tempo não ajudou. Apanhamos o autocarro local, apinhado de gente para o mercado local, com destino a Latacunga.


O loop ficou completo com a passagem por Saquisili, onde se prepara o mercado semanal de amanhã.

Etiquetas: